13x03 Patience
Data: 26/OUT.

Fotos | Promo | Sinopse

29/07/2011

E que fins teve o Profeta Chuck Shurley?

O misterioso desaparecimento do Profeta Chuck Shurley. Seria ele a figura de 'Deus' na série Supernatural?
O site buddytv postou uma matéria sobre o assunto que está deixando todos os fãs de cabelo em pé criando várias teorias. O artigo não passa da opinião do autor. Porém é bem interessante a linha de pensamento do respectivo autor.
Será que Chuck é mesmo Deus? Leia o artigo:


Um dos momentos mais chocantes do season finale de Supernatural veio no fim, quando Chuck, o profeta e autor das séries de livros de Supernatural, terminou a história dos Winchester e desapareceu no ar. O repentino e confuso ato deixou os fãs com uma grande pergunta: Chuck é Deus?

A resposta óbvia seria "sim". Supernatural, de acordo com Castiel, deveria ser o Testamento dos Winchester, um novo Novo Testamento, e desde que a Bíblia é o livro de Deus, é lógico que seria Deus quem escreveria o novo Novo Testamento. Chuck ser Deus também explicaria o porque dele estar vestido de branco e desaparecer magicamente no fim. 

Como profeta, Chuck fez exatamente o que Deus faria: ele ficou fora da ação o máximo que pode e cutucou Sam e Dean para direção certa quando eles precisaram de uma ajudinha. E Gabriel já provou que os anjos e provavelmente qualquer outra criatura do céu pode assumir identidades alternativas na Terra. 

Chuck ser Deus também faria de sua primeira aparição na quarta temporada "The Monster at the End of This Book" ainda mais importante. Quando ele descobre que seus personagens existiam, um de seus primeiros pensamentos é de que ele seria um deus, pensamento qual Dean rapidamente descarta. 

Também é importante notar que logo quando descobriu que era um profeta, Chuck pensou que se escrever em uma de suas histórias em um papel tão importante era "babaquice no nível de M. Night". Ou ele estava sendo irônico ou Erick Kripke, criador de Supernatural, não se importou em escrever o autor de Supernatural sendo Deus era mais babaquice ainda. 

Mas ignorando esses pequenos problemas, eu gosto de pensar que o desaparecimento de Chuck faz dele Deus, e isso é uma coisa boa no meu livro. A concepção de Deus em Supernatural é tão boa quanto as outras, um silencio observador só se envolve quando é absolutamente necessário.






Gostou? Então compartilhe:

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário

Postar um comentário

Design por: Jéssica Winchester | Ajudaram: