13x01 Lost and Found
Data: 12/OUT.

Fotos | Promo | Sinopse

04/11/2012

Review: 8x05 - Blood Brother.


Vampiratas.


Se você, assim como eu, estava esperando um episódio de Halloween de Supernatural (principalmente por Blood Brother ter sido exibido exatamente no dia 31 de Outubro), ficou desapontado. Mas decepções à parte, Blood Brother foi um bom episódio.

É engraçado pensar em quão aleatórios os vampiros são em Supernatural. Em quase todas as temporadas há um episódio dedicado a tais criaturas, e é incrível como, diferente de qualquer outro monstro recorrente na série, cada vez eles aparecem com um “estilo de vida” diferente. Dessa vez, eles são os “vampiratas”, que vivem de forma civilizada, se alimentam de tripulações e depois queimam e afundam seus navios. E isso sem falar de Quentin, que estava achando ser o deus daqueles vampiros. Não posso dizer que não tenha gostado. É lógico e coube muito bem nessa mitologia tão utilizada.

Um dos trunfos do episódio funcionar tão bem, com um tema que como já disse é bem batido, foi ter focado no personagem mais misterioso dessa temporada, Benny. Desde a Premiere eu estava interessado em saber quem ele era, e fiquei grato aos roteiristas por entregar logo de uma vez a sua história completa. Agora sim acho que Benny realmente seja alguém confiável, e, além de tudo, bom. Não tenho mais a suspeita de que ele seja uma “Ruby requentada”.

Toda a história de Benny, tanto pessoal quanto com os vampiros, foi interessante e bem construída. Atualmente muitos vampiros também têm mudado sua forma de agir por uma garota, que no caso de Benny foi Andrea, mas a diferença aqui foi que a garota se transformou numa vampira assassina e precisou ser morta para que ele continuasse a vida do jeito que havia planejado.

Um questionamento levantado por Benny foi bem interessante: por que Dean o ressuscitou? Ele realmente poderia ter feito qualquer outra coisa com a alma de Benny. Mesmo tendo se tornado amigos no Purgatório, ele ainda é um vampiro e Dean um caçador. Afinal, esse é o mesmo Dean que matou Amy, a amiga de Sam, porque ela era um monstro.

Os flashbacks do Purgatório continuaram, mas além de mostrar que leviatãs são mais poderosos no Purgatório do que em vida, a única informação interessante foi de que Dean, por ser humano, e muito mais ainda Cass, por ser um anjo, atraíam tantos monstros para si. Mas fora isso, a narrativa não levou esse arco a lugar algum, apenas vimos mais um pouco de como estava sendo a rotina deles lá e o mistério sobre o que aconteceu com Castiel continua a pairar.

Mas mesmo sem novidades, os flashbacks do Purgatório até conseguem se disfarçar como uma boa e divertida enrolação, diferente dos flashbacks da “happy life” do Sam. Ainda bem que o episódio não se focou muito nisso, mas os poucos momentos em que se focou, foram absolutamente sem graça. Nem ruins nem bons, só sem graça. Ninguém se interessa pela veterinária apática e o cachorro chamado “cachorro”. Tão pouco por um Sam fazendo bicos como encanador.

“Next On Supernatural”: Draminha de Sam por Dean ter amizade com um vampiro e draminha de Sam por Dean ter tirado esse vampiro do Purgatório.

Review por Série Maníacos.
Gostou? Então compartilhe:

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário

Postar um comentário

Design por: Jéssica Winchester | Ajudaram: