13x03 Patience
Data: 26/OUT.

Fotos | Promo | Sinopse

04/04/2014

Jared Padalecki fala sobre sua paternidade.


A estrela de Supernatural Jared Padalecki conversou com o site Hip Daddy sobre sua vida de pai. Além da entrevista, duas fotos do ator com seus filhos foram publicadas.


Nos holofotes do Hip Daddy: Jared Padalecki de Supernatural.

Fale-nos sobre suas crianças, como é ser pai?
Eu tenho dois filhos: Thomas Colton, que acabou de fazer 2 anos dia 19 de Março e Austin Shepherd ‘Shep’ que nasceu dia 22 de Dezembro. Eu amo ser o pai deles.
Thomas é um pouco exibido (afinal, seus dois pais são atores!). Ele ama ser o centro das atenções e traz alegria pra todos a sua volta. Eu acho que muito disso tem a ver com o fato de que nos movemos muito como família: nós trabalhamos em Vancouver por, mais ou menos, 9 meses por ano, moramos em Austin, e regularmente viajamos para Seattle, Los Angeles, San Francisco, Sun Valley e San Antonio para visitar amigos e família. Então, em sua essência, toda vez que chegamos num lugar novo, as pessoas estão ansiosas para vê-lo porque provavelmente não o viram durante um tempo! Então ele se acostumou a ser recebido com alegria e amor onde quer que ele vá. Eu acho que já é dele essa felicidade.

Shep ainda é, basicamente, um bebê, obviamente. Ele gosta de comer, fazer caca e dormir. No entanto, sua coisa FAVORITA é jogar esse jogo onde ele espera que sua mãe e seu pai durmam para começar a chorar... Estou brincando! Honestamente falando, ele é uma ótima criança. Ele parece um pouco mais reservado que Tom quando tinha sua idade, e tem uma “sabedoria” em seus olhos. Recentemente, ele começou a murmurar e sorrir e tem sido emocionante para eu poder reviver a experiência dessa fase da paternidade.

Fale-nos sobre seu estilo paternal.
Eu sou um pai bem descontraído. Eu não gosto de bancar o “pai helicóptero” perto dos meus garotos. Eu gosto de observá-los brincar e deixa-los explorar. Admito, eu não vou deixa-los brincar no transito, mas eu sinto que é parte de crescer cair e levantar e ficar sujo e “conhecer” pessoas novas e aprendendo ao tentar. Eu tento apenas intervir quando eu sinto que eles estão em perigo real, ou quando sinto que eles estão sendo mal educados (dizendo não para adultos, jogando comida nos restaurantes, batendo, etc.). Eles ainda não um pouco jovens para entender a importância de aprender algumas lições de vida, mas eu tento ser firme e definir algum tipo de “diretriz”. 

Peça de roupa favorita que você usa com eles ou que você gosta de vesti-los com ela?
Ambos meus filhos foram comilões quando bebês. Como a maioria dos pais sabem, existem um tanto muito grande que os bebês podem comer antes de ficar cheios. Então, e realmente não há um jeito delicado de falar isso, ambos gostavam de cuspir. Sendo esse o caso, eu rapidamente aprendi a carregar camisetas porque era BEM provável que eu fosse tirar minha outra camiseta em alguma atividade diária. Eu também tenho um Pea Coat (uma espécie de sobretudo) azul do Loro Piano que é impermeável (portanto, relativamente a prova de leite e comida) e tem muitos bolsos (para chupetas, brinquedos, fraldas, lenços, etc.). Em outras palavras, a jaqueta serve como meu colete à prova de balas.

O que você faz de divertido com as crianças?
Eu sou um corredor, e Vancouver é uma linda cidade, então eu gosto de colocá-los em seus carrinhos e sair pra uma corrida. Eu acho que é uma ótima oportunidade para eles verem novas paisagens, sentir novos ares, e eles parecem gostar de ter o pai como chofer. Em casa, ambos amam ler (ou ouvir o que leem pra eles), e Tom acabou de começar uma paixonite com o original “Mogli – O menino Lobo”. Eu também amo leva-los a aquários, zoológicos, parques, etc. Shep ainda é muito jovem para jogar com bolas, mas Tom já está ficando velho o suficiente para chutar bolas de futebol, ou jogar futebol americano, ou ficar animado para fazer cesta com uma bola de basquete. Eu amo essas coisas e mal posso esperar para fazê-las conforme eles ficam mais velhos.

Qual é a coisa que você não consegue viver sem, sendo um pai?
Minha mulher. [risos] Eu tenho muito respeito pelas pessoas que conseguem fazer isso sem ajuda. Eu certamente não conseguiria. Além disso, a minha “coisa principal” mudou conforme Tom cresceu e tivemos outro filho. Na fase do bebê, eu dependia muito do “canguru” para segurar uma criança no meu peito, liberando assim suas mãos para fazerem outras atividades das quais você tenha necessidade, tipo segurar seu script e decorar suas falas, ou levar o lixo para fora. Nessa mesma fase, nós tivemos mais tempo da “hora de cantar” do que eu gosto de admitir. Eu realmente ajudei Tom a se comunicar numa idade muito jovem, e eu acho que isso vai ajudar Shep também. Quando essa fase passa (e algumas pessoas talvez se sintam ofendidas por isso), eu achei esse mini iPad que ajudou muito. Como todo tipo de aplicativo para crianças e talvez com alguns programas de TV educativos salvo, pode realmente transformar uma situação difícil (como viajar através do continente) numa situação muito mais calma. Também, eu estou chegando de acordo com o fato de que o mundo que as minhas crianças crescerão será muito diferente do que eu cresci. Eu acho que o nível de conforto com a tecnologia caberá a eles, e contanto que esteja balançado com muita leitura e muita atividade ao ar livre, eu não vejo problemas.


O que significa pra você ser considerado um pai sério e de mãos firmes em relação à paternidade?
Significa muito. Eu acho que todos nós, como pais, não podemos ajudar, mas nos questionamos algumas vezes. É tão imperativo prover amor, e um ambiente acolhedor para um jovem ser humano, e (em minha opinião), não há ninguém melhor para impactar uma pessoa que seus pais.

Hip Daddy - Tradução: Equipe Supernatural Tentation - Daniela Rezende.
Gostou? Então compartilhe:

Comente com o Facebook:

Um comentário:

  1. Simplesmente excelente. Jared é um grande homem, já o admirava como ator, mas sinto que devo admirá-lo como pai também. Aliás, admiro toda sua família, Gen tem três lindos homens em sua vida. PARABÉNS A FAMÍLIA PADALECKI.

    ResponderExcluir

Design por: Jéssica Winchester | Ajudaram: