13x01 sem título
Data: 12/OUT

Fotos | Promo | Sinopse

20/09/2015

Entrevista exclusiva com Gabriel Correa, o brasileiro que trabalha no set de SPN!


Entrevistamos mais um membro da equipe de Supernatural!!!

Gabriel Correa cedeu algumas respostas ao nosso site recentemente, e cá estamos nós para presentear vocês com as elas. Gabriel trabalha atualmente na equipe de Supernatural em Vancouver. Suponho que não precisemos explicar muito agora, pois a entrevista está super completa e interessante. Espero que gostem!

Então, como você começou sua carreira e como chegou ao set de Supernatural?
Estou no Canadá há catorze anos. Sai do Brasil quando cursava Cinema na FAAP em São Paulo. Toda minha carreira foi construída aqui em Vancouver. Comecei por baixo mesmo, trabalhando de PA (Production Assistant). Recolhia o lixo do set, varria chão, estacionava os carros e etc... Minha primeira grande oportunidade apareceu no piloto do Criminal Minds quando fui Assistente de Direção Trainee pela primeira vez. 

Dali para frente trabalhei como Trainee Assistant Director por algum tempo em filmes como, 88 Minutes, John Tucker Must Die, Holloman II, etc... Até ser contratado por Supernatural em 2006 para as gravações da Segunda Temporada.

Quando conheceu Jensen, Jared e toda a equipe de Supernatural, qual foi o tipo de pensamento que ocorreu por sua mente?
Olha, vou ser bastante honesto. Quando eu comecei a trabalhar na série em 2006 eu não era nada familiarizado com o show. E isso faz parte do trabalho em televisão, você faz TV, mas não assiste, porque você está o tempo todo no set. Eu tinha 25 anos e não tinha assistido a Primeira Temporada, porque trabalhava muito em outros sets. Mas, em seguida, muito no começo mesmo, talvez depois de apenas uns dois ou três episódios eu virei para um colega de equipe e disse: "essa série vai ter uma vida longa, e meu feeling me diz que o segredo do show não está no fato de ser uma superprodução, com boa qualidade, bons roteiristas, enfim... a questão é outra. Quando você vê esses dois caras, Jared e Jensen, na vida real, você credita que eles são irmãos”. A química entre eles é algo que não dá para explicar. E esse tipo de coisa ou dá certo ou não dá, não tem como fingir. 

Trabalhar no set de SPN deve ser desafiador, por ter vários sets, deslocações, uma série com bastante gente na equipe, bastante tempo no ar e etc, embora todo tipo de show seja assim (com exceção de alguns tópicos anteriores), estamos nos especificando em SPN, então o que você pode nos dizer sobre a rotina do seu trabalho em SPN?
Basicamente, os assistentes de direção são as pessoas que pegam o roteiro, pegam a história, leem, fazem uma decupagem, um breakdown de todos os elementos necessários para o episódio e constroem o schedule (cronograma). O assistente de direção é quem arruma o melhor jeito de filmar nos oito dias que temos para rodar o episódio. Qual cena deve ser feita antes, qual cena casa com qual cena para serem rodadas juntas. Tem uma série de regras dos sindicatos dos atores, das equipes, e uma série de restrições de locação, ou mesmo se uma cena precisa ser filmada de dia, noturna, externa, interna, Etc. Esse é o job, começando pelo 1º assistente de direção. A gente senta na sala de criação no começo de cada episódio, com todos os departamentos, abre o roteiro e vai na cena um, e lê, cena 2... cena por cena, todos os elementos. Efeitos especiais, você faz isso, faz aquilo, cenário, e por aí vai. Somos como um maestro. A gente não compõe a música, os compositores estão em Los Angeles, escrevem a música e entregam pra gente colocá-la em prática. O trabalho do Assistente de Direção é reger a orquestra. 

Trabalhar no set do Supernatural é super puxado mas ao mesmo tempo muito gratificante. Nos chegamos a trabalhar 16 horas por dia, muitas vezes debaixo de chuva e madrugada a dentro. Não é um trabalho glamouroso como alguns imaginam, porém saber que você contribuiu para um seriado que fez história não tem preço.

Pelo que sabemos, você tem Supernatural no seu currículo desde (aproximadamente) 2007, e isso já faz muito tempo. Então você, independente da sua posição no set ao longo desse período, acompanhou o crescimento desse show que possui milhares de fãs ao redor de todo o mundo, e que é tão idolatrado na internet. Como se sente em relação a isso, de estar trabalhando em outro país, no set de um show tão grande, conhecendo e trabalhando com pessoas que são conhecidas em todos os países?
Eu pessoalmente comecei a trabalhar de Assistente de Direção Trainee na segunda temporada em 2006 e fui galgando a minha história aqui até chegar ter a oportunidade de ser o 1st Assistant Director do Episódio "Ask Jeeves" dessa temporada, o Supernatural impulsionou a minha carreira. Participei de outros grandes projetos também como Twilight Saga: Breaking Dawn, Godzilla, Monster Trucks entre outros. 

Acompanhei em primeira mão esse crescimento do Supernatural não só do show em si mas também o crescimento das Convenções para Fãs. Quando fui para o Rio em 2012 para participar de uma convenção não podia imaginar que iria ser uma loucura. Sinceramente na época não tinha noção que a série era tão popular no Brasil. Fazer parte da história de Supernatural é motivo de muito orgulho. Eu acabei de ter tido a oportunidade de ser o First Assistant Director no episódio 11x04 que acabou de ser filmado e posso afirmar com certeza que quando você assistir, vai ver que se trata de algo memorável. E depois de 11 temporadas ser possível fazer um episódio tão distinto, tão bom, é fantástico. Daqui a dez, vinte anos, quem ver esse episódio, logo após os nomes dos produtores, verá meu nome, e me sinto muito orgulhoso disso. É como um legado, mesmo não sendo famoso como Jared e Jensen. Nós da equipe não somos as estrelas, mas ajudamos a construir essa história. 

Aos 19 anos, achava que ia chegar aqui no Canadá e com 20 anos viraria diretor e com 25 sentaria na cadeira do Steven Spielberg. Não é bem assim, você amadurece e começa a pensar que um cara que saiu do Brasil e conseguiu construir sua carreira aqui já é algo de se ter orgulho. Muitas vezes tentamos ser outra pessoa, sempre querendo mais, mas temos, primeiramente, que valorizar as nossas marcas pessoais. 

Um exemplo de todo o carisma dos fãs de SPN é a sua recente chegada no Twitter, que levou muitos e muitos brasileiros a descobrirem você na produção de SPN. Se eu já li várias vezes frases como "Um brasileiro trabalhando em SPN, meu Deus!" eu imagino o quanto de carinho que você tem recebido. Sem contar que vários do elenco estão te apoiando no seu novo projeto, The Amabassador, seja com tweets ou até mesmo com comentários no trailer do projeto no YouTube. Como você definiria esse carinho dos fãs que a produção recebe diariamente?
Entrei no Twitter timidamente para tentar promover o The Ambassador e logo fui descoberto pelo Jim Michaels que me introduziu pra todo mundo! Logo recebi mensagens de boas vindas de todas as partes. A recepção tem sido bem calorosa. A SPN Family é uma família de verdade em todos os sentidos e a maneira como eu fui e tenho sido acolhido pelos fãs é incrível. Quanto ao apoio que recebo do elenco e equipe de Supernatural eu só tenho a agradecer por ter tido a oportunidade de trabalhar em uma série que valoriza todos aqueles que contribuem para o seu sucesso. Nem sempre é a assim, me considero privilegiado de poder estar aonde estou. 

Todos nós sabemos que SPN já conquistou muitos awards nessas premiações americanas que a gente vê acontecer ao longo do ano, onde vários shows e artistas são indicados.. Já são 10 temporadas, com mais uma confirmada e possui um elenco fantástico, muito talentoso e dedicado. Certamente é um sonho de projeto, um sonho de show e produção. Você pode se considerar privilegiado por fazer parte disso, mas todo membro de equipe que gosta do que faz, sonha em ter um projeto próprio e que o mesmo tenha sucesso. Vimos o trailer de The Ambassador já, e gostaríamos de saber se ele pode ser considerado o seu sonho de projetos, e nos fale um pouco sobre o projeto. Seus desafios pra fazer ele acontecer e a história do novo show..

Com certeza seria um sonho mesmo fazer do The Ambassador uma série bem sucedida e poder retribuir a todos que voluntariaram no projeto. Nós não tínhamos dinheiro para pagar a equipe e o elenco, cheguei até a coletar todas as garrafinhas de água do set do SPN por uma temporada inteira e levar em um centro de reciclagem pá levantar dinheiro para custear o The Ambassador. É um projeto de amor mesmo.

A ideia da Web Séries e de minha autoria junto com um grande amigo chamado Kevin Leeson. Ela surgiu da vontade de fazer algum projeto independente em que a gente pudesse mostrar o nosso talento e criatividade.  A gente fez um "brain store" sobre várias ideias e The Ambassador se revelou a mais promissora. Com a ajuda de muitos membros da equipe do SPN (Dean Webber, Matt Tichenor, Jeannie Chow, Kelly Bhrum, Kevin Parks, Chris Glyn-Jones entre outros) nós transformamos o The Ambassador  em um curta-metragem. Depois de pronto The Ambassador se revelou uma história ideal para ser transformada em um seriado. Desde então a gente vem esperando o momento certo para tentar viabilizar esse sonho. 

A penetração nas emissoras de TV é muito difícil e o conceito de Web Séries foi criado para catapultar as ideias e projetos dos cineastas independentes como nós. O que a gente realmente precisa é que as pessoas assistam o trailer e deixem seus comentários! É uma luta de Davi contra Golias e o nosso maior recurso são as redes sociais. O primeiro passo é conseguir financiamento pra filmar uma temporada completa, dez episódios de dez minutos cada. Se a Web Séries atrair um número grande de seguidores nada impede que um dia ela vire uma série de TV. Não custa nada sonhar alto. 

Tenho outras idéia também, é claro. Acho que seria bem interessante um fazer filme sobre os bastidores da política no Brasil, ao estilo "House of Cards". Infelizmente o nosso país tem a corrupção como característica marcante mesmo. Seria legal explorar isso de uma forma inteligente e apartidária.

Enfim, Gabriel, podemos dizer que é uma honra ter você na equipe, e também no fandom. O fandom brasileiro é muito sortudo em ter você por lá. 
A honra é minha de poder participar desse diálogo com os fãs. Obrigado a vocês pela recepção e pelas perguntas. Um grande abraço a todos os fãs e que possamos continuar produzindo o Supernatural por muitos anos!

Siga o Gabriel no Twitter clicando aqui, e mantenham-se orgulhosos por ter um brasileiro no set de SPN!

A 11ª temporada estreia dia 07 de Outubro nos EUA!

Conteúdo exclusivo Supernatural Tentation - qualquer reprodução sem créditos pode gerar denúncia!
Gostou? Então compartilhe:

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Oi gente! Alguém sabe se há previsão deles virem para o Brasil fazer esses encontros com os fãs? Desculpem se a pergunta foi boba, é que acompanho a série a algum tempo, mas nunca fui tão fã como nos últimos dias. Então eu estou bem por fora das informações sobre eles.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luana! Nenhum evento no Brasil com o elenco de Supernatural foi confirmado ou tem previsão para ser confirmado.. Nenhuma empresa está dando expectativas para os hunters brasileiros em relação a uma convenção de SPN por aqui...

      Excluir
  2. Que pena :(

    Obrigada Éricles!

    ResponderExcluir
  3. como vc conseguiu entrar em contato com ele?? Faz uma entrevista com perguntas dos fãs please! Tenho tanta coisa pra perguntar, por favor, nunca te pedi nadinha. Beijos

    ResponderExcluir

Design por: Jéssica Winchester | Ajudaram: