13x01 Lost and Found
Data: 12/OUT.

Fotos | Promo | Sinopse

27/07/2016

Entrevistas traduzidas: Jared e Jensen falam sobre a 12ª temporada na SDCC 2016.


Jared Padalecki e Jensen Ackles falaram sobre a próxima temporada de Supernatural durante as conversas na sala de imprensa da Comic Con de San Diego e nós temos vídeos exclusivos.

Os vídeos não estão legendados mas a tradução está logo abaixo de cada vídeo (obrigado à Isa que nos ajudou ♥):


Entrevista com Jared Padalecki (Sam Winchester em Supernatural):
J – Ei, gente!
- Oii!

J – Como vocês estão?
- Bem!

J – Obrigada por virem!
- Claro, imagina!

- Nós estávamos falando antes, nós achamos que uma das coisas mais interessantes para o Sam nessa temporada é como ele vai se conectar com a Mary? Essa mulher que ele na maioria conhece apenas por histórias e etc...?
J – Sim, sim, e pelas fotos!

- Então, como foi fazer isso e o que você esperava ao ver a Mary?
J – Sim, uma das coisas que eu mais estou ansioso para é... na verdade foi um dos motivos estranhos para eu entrar em Supernatural, foi o elemento humano que a série tem. Sabe? Nessa situação interessante entre fantasmas e demônios e anjos e vampiros e zumbis... De um jeito nós vamos voltar a isso, explorar essas histórias, mas essa é a primeira vez, eu vou explicar como eu vejo, essa é a primeira vez que vemos o Sam como filho, sabe? Porque ele nunca foi de chegar tipo “Ei, pai!”, foi sempre tipo “Vá se foder!” sabe? Batendo cabeças mesmo... Ele coloca muita culpa no pai dele e usa isso como um estepe todo o tempo, mas isso provavelmente é mais culpa da mãe! Entende? Ele era uma caçadora e tudo e foi a família dela que trouxe o Azazel nas nossas vidas. E eu acho que o Sam vai ter que entrar em acordos com isso e perceber que o pai não era no todo mal e que as mesas viraram. Mary provavelmente teria feito a mesma coisa e caçado a coisa que matou John! Então, ele vai aprender muito sobre si mesmo e sendo ele mesmo. Sabe, nós vimos Sam sendo um anjo, um assassino, um amigo... mas nós nunca realmente vimos ele de verdade. E vendo tudo isso que ele passou e agora vendo ele como uma “criança”, mesmo com tudo o que acontece durante o tempo... Então eu estou ansioso para fazer isso! Como ator e como alguém que gosta do Sam. Ver no que isso vai dar.
- Obrigada!
J – Aham, obrigada!

- Tem tido muita falação sobre a dinâmica dos meninos com a mãe deles e como isso vai ser explorado na próxima temporada...
J – Sim...

- Você acha que a presença da Mary vai afetar a dinâmica entre Sam e Dean? Vai ter mais rivalidades e conversas...?
J - Provavelmente, provavelmente! Briga por atenção hahahah. Outra coisa que eu penso é que, os garotos sempre tiveram regras ou uma estrutura... e isso com eles dois, porque agora eles têm a sede dos Homens das Letras e tudo. E eles ainda são Homens das Letras genuínos. Nós acabamos de perceber que somos legados mas tudo o que eles aprenderam veio do pai. E eles acham o bunker e pensam “bem, vamos explorar isso!”. Nós temos iniciativa, nós nunca terminamos os estudos e é uma coisa que está com a gente, não é como se tivéssemos frequentado uma faculdade ou algo assim. E, se tratando da mãe, agora eles têm alguém para quem dar satisfações e não porque eles têm que fazer isso, mas porque eles querem! Eu acho que os garotos querem agradar a mãe e querem protegê-la! E ela já caçou! E quando eles forem caçar ela não vai tipo, pegar uma lancheira e fazer um sanduíche! Ela vai querer ir caçar com a gente! E vai ser tipo, nossa, que vai... Eu acho que Sam provavelmente vê a Mary como o Dean vê o Sam. Ele vai querer protegê-la. Tipo, agora eu tenho alguém que eu nunca tive! E eu não quero abrir mão disso. Sabe? Mesmo ela sendo totalmente capaz! Então... Isso é muito interessante! Depois de onze anos... eu estou ansioso por isso!

- Obrigada!
J – Claro, obrigada!

- Eu só quero te agradecer pela campanha Always Keep Fighting! Muito obrigada, de verdade.
J - Obrigada, cara! Obrigada, todos vocês! Pelo amor e suporte. 


Entrevista Jensen Ackles (Dean Winchester em Supernatural):
J - Ei, caras!
- Oii!

J - Ei, garotas!
- Hahaha!

J – Como estão todos vocês?
- Muito bem e você?

J – Terrivelmente cansado pelo... o que? Quarto ou quinto dia.
- A gente sabe como é...
J – Sério!
- É muita depravação... hahaha
J- Eu sou o seu quinto homem agora, né? Hahahah.
- Aproximadamente! Hahahah
J – Incrível.

- Você acha que eventos como esse te dão mais energia?
J – Você quer dizer tipo, resistência? Hahahaha

- Você acorda tipo “Ah, eu tenho que participar de um painel...!”
J – Não, não, isso é legal! Sabe, uma das únicas coisa que eu, sabe, queria que fosse diferente é, eu queria ter tempo de andar por aí, sabe? Eu ainda não vi nada! Sabe? Eu adoraria andar pelos corredores e ser apenas mais um fã! Mas eles não deixam a gente fazer isso, então, acho que a gente teria que colocar umas máscaras! Haha
J – Então, eu não sei, talvez algum ano eu fazei isso, mas tirando isso, é, isso é muito animador! Eu sei que nós estamos na 12ª temporada, mas essa ainda é uma série na qual nós estamos mandando ver! Ainda amamos contar a história, eu ainda amo interpretar esse personagem... Então, vir para um lugar onde nós estamos cercados por pessoas que ainda têm interesse na série e nos personagens e tudo o mais... É divertido! Eu adoro responder perguntas, adoro falar sobre a série, é obviamente algo que eu tenho um pouco de conhecimento sobre! Haha, então, é legal quando perguntam coisas que você sabe a resposta! Hahaha

- Tem alguma pergunta que você deseja que alguém te pergunte?
J – Eu não sei, eu recebo muitas perguntas! Hahaha Eu não sei, ninguém nunca me perguntou isso! Hahahah Você ganhou!

- Você acha que você já aprendeu alguma coisa sobre o Dean ou sobre a série através de um fã? Um ponto no qual você pode nunca ter refletido sobre?
J – Ah, claro, sabe... Eu estou tentando lembrar de um exemplo... Mas eu já tive, é, eu já tive perguntas que eu fiquei tipo “Oh, eu nunca pensei nisso dessa forma!”, e eu amo isso! Amo que as pessoas... sabe, sinceramente, esse é o motivo das nossas teorias estarem abertas para interpretações. As pessoas podem ver as coisas de um jeito diferente, conspirar de um jeito diferente e aproveitar alguns aspectos diferentes da série. E eu amo fazer parte de um mundo que possibilita isso. Então, é sempre revigorante ter algum ponto novo na história ou de algum personagem avaliado, algo que eu não tinha visto dessa forma ainda, sabe? E ficar tipo “isso fez sentido completamente!”. E isso é muito divertido, é divertido conversar sobre, tipo, “Não, não é isso que eu quis dizer! Não significa isso.” Mas, é isso, novamente, eu adoro falar sobre isso, amo a série, amo as pessoas com as quais eu trabalho, e eu amo os fãs! As pessoas que pegaram interesse no que nós fazemos... Ainda é divertido depois de doze anos!

- Você mencionou o quanto você ainda ama interpretar o Dean depois de todos esses anos, e parte disso é por como a série evoluiu na realidade e ano passado nós fomos apresentados a Deus e a Amara e nós ouvimos que essa temporada vai ser mais íntima... É uma coisa que vocês estão ansiosos para a 12ª temporada?
J – Sim, é, eu sempre digo que, não importa pra onde a história vá, ela pode mesmo ir pra qualquer lugar, e nós não estamos tipo... seguindo uma linha pela realidade! Haha. Nós, sabe, nós com certeza “pulamos o tubarão” várias vezes, mas, eu sempre digo: contanto que eu consiga continuar interpretando o Dean, não importa em que situação você o coloque! Até mesmo tipo, voltar para o “French Mistake”, que foi tipo “escuta, nós vamos usar o seu nome e você vai ser o Jensen” e eu fiquei tipo “Peraí! Mas todo o tempo vou estar interpretando o Dean? Tranquilo! Me chame quando quiser, então!” E eu acho que eu tenho orgulho disso, e eu posso interpretar esse personagem em qualquer cenário que eu ainda vou amar interpretá-lo!

- Você faz um ótimo trabalho!
J – Muito obrigada!
- Muito obrigada!
J – Okay, tchau!
Tradução por Isabel Ortiz (Twitter @sherlokistrange)

Acompanhe SPN Tentation nas redes socais:

Acompanhe Claudia Ciuffo e o HeA no Twitter
Gostou? Então compartilhe:

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário

Postar um comentário

Design por: Jéssica Winchester | Ajudaram: