14.07 Unhuman Nature
Data: 29/11

Fotos | Promo | Sinopse

13/10/2018

Jared, Jensen e Misha falam sobre chegarem ao episódio 300, pegadinhas no set e outras questões interessantes.


O TV Insider a entrevista que o TV Guide Magazine teve com os rapazes de Supernatural para a edição de outubro, conforme postamos aqui. Jared, Jensen e Misha falam sobre a nova temporada, sugerem personagens que gostariam de interpretar e sobre estar a caminho do 300º episódio.

Apesar dos ghouls agressivos, arcanjos do mal e múltiplos apocalipses, a risada nunca está a mais de uns minutos de distância do set de Supernatural em Vancouver. Enquanto filmava o show de horror, em meados de setembro, no bunker dos Homens das Letras (a casa dos Winchesters), os erros de fala de qualquer membro do elenco geram uma grande torrente de gracejos e respostas cômicas.

É essa química natural, primeiro entre Jensen Ackles e Jared Padalecki como os irmãos caçadores de demônios Dean e Sam Winchester, e depois somando Misha Collins (o anjo aliado deles), que ajudou a fazer de Supernatural a série de maior duração do canal - 14 temporadas até agora - e alimentou um exército de espectadores apaixonados. 

Depois que Ackles liderou uma tour pelo set cavernoso, o TV Guide Magazine sentou com o trio para conversar tudo de Supernatural, além de ser impulsionado por questões de fãs. O clima era de celebração e, naturalmente, pontuado com uma bem humorada provocação, principalmente de Collins, que não tinha filmado nada desde 13 de agosto. 

Cas tem sido deixado de fora” (em relação aos roteiros), diz Padalecki, com uma cara séria. Com um sorriso resignado, Collins diz: “Eu realmente senti saudades de vocês”. Um irônico Ackles responde: “Duvido”. 

Jared e Jensen o que vocês lembram sobre suas audições?
Jared Padalecki: Todo estavam lendo para o papel do Sam.

Jensen Ackles: Ele era um personagem fundamental naquela época. Depois que eu fiz duas cenas, (os produtores executivos) David Nutter e Eric Kripke estavam tendo uma conversa, e eu indaguei: “Posso ler o personagem de Dean e ver como isso funciona?” E então eles apenas se viraram para mim e disseram: “É exatamente isso que estávamos falando. Você é o Dean, não Sam.”

Padalecki: Nós já estávamos aprovados pelo canal The WB: Eu estava em Gilmore Girls e Jensen em Smallville, mas o rumor era que quando eu estava no páreo para ser o Sam, o Kripke disse: “Eu não sei, estou procurando alguém com cara de estudioso, tipo o (David) Duchovny.” Meu agente dizia tipo “Jared foi um Bolsista de Mérito Escolar. Ele pode fazer isso.” Eu sempre brinco com o Kripke por me imaginar muito burro para ser o Sam. 

Ackles: Por isso que ele olhou para mim e disse “Ele não é Sam” (risos).

Misha, você assinou há 10 anos atrás. Como esses dois trataram você quando você chegou? 
Misha Collins: Como se eu fosse um novato numa fraternidade que tem um forte trote como ritual.

Padalecki: Com toda a justiça, você era estranho. No segundo dia no set, nós vimos Misha encarando a gente com esse olhar enigmático. Isso meio que me assustou.

Collins: Eu estava com medo que vocês fossem me bater!

Ackles: Então ele faz o que qualquer novo recruta faria.

Collins: Qualquer ator respeitoso…

Ackles: Ele se esconde nos caminhões dos técnicos de produção. E eu falo tipo: “Será que ele sabe que ele tem um trailer?”

Essa é sua primeira pergunta de fã. A Lisa pergunta: Qual foi a pior pegadinha que o J2 fizeram com você, Misha? 
Collins: Quando eu estava dirigindo, Jared tinha uma torta na mão, ele girou os quadris e me acertou na cara.

Ackles: O chantilly que não bateu em você, estava a 10 metros de distância na parede do fundo.

Collins: Eu tive sorte o suficiente por ele não ter quebrado o meu nariz! Mas o verdadeiro trauma foi depois. Jensen me deu uma nova camiseta e fiquei limpo. Então ele me acertou de novo com uma torta! 

E agora vocês estão se aproximando do episódio 300, que irá ao ar no início de 2019. Qual é a sensação disso?
Collins: No final da temporada 5 nós tivemos uma festa do episódio 100 e alguém brincou: “Vejo você na festa do 200!” e todo mundo ficou tipo, “Yeah, isso aí!” Então alguém fez a mesma piada na festa do 200, e eu fiquei tipo “Ah, tá…” Hoje eu acabei de abrir o convite da festa do 300.

Vocês têm algum episódio favorito? 
Ackles: É como perguntar a uma banda que lançou 47 álbuns!

Collins: O meta-episódio, “O Erro Francês”.

Padalecki: Eu concordo. O completo absurdo que foi a gente interpretando nós mesmos - quer dizer, Sam e Dean, mas chame Jared e Jensen. É engraçado, porque nós realmente não interpretamos nós mesmos…

Collins: Eu interpretei uma versão mais babaca de mim mesmo.

Padalecki: E você foi preciso.

Além desses que estão na sala, qual personagem vocês iam adorar e iam querer experimentar fazer? 
Padalecki: Lúcifer, quem eu interpretei bem brevemente. Mark Pellegrino fez um trabalho maravilhoso como o nosso mais recente Lúcifer. A relação do Sam com ele tem sido sempre muito especial para mim. 

Ackles: John Winchester. A história que ele deu aos irmãos é muito rica: a perda da mulher, criar os filhos nesse tipo de vida volátil e o sacrifício que ele fez por eles. Eu amo tanto o que Jeffrey Dean Morgan fez, que tenho tentado me igualar a ele por 13 anos como uma homenagem. 

Collins: Chuck (Rob Benedict), conhecido como Deus. Esse personagem funciona em múltiplos níveis porque Deus está escrevendo a história dos Winchesters. 

Quando voltarmos nessa nova temporada, o arcanjo Miguel do Universo Alternativo pegou residência no corpo de Dean. Qual é o jogo dele?
Ackles: Ele está construindo um exército de super-monstros. Ele não vê muito o que salvar na raça humana, o que é interessante para explorar no momento em que estamos como sociedade. Ele acredita que os anjos - um deles como a Irmã Jo, interpretado pela minha mulher Danneel - são corruptos também. Ele acaba indo atrás de vampiros porque os desejos deles são puros. Tudo o que eles querem é se alimentarem.

A espectadora Janessa pergunta: O Dean está conscientemente lutando contra Miguel? 
Ackles: Ele está - está consciente do que está acontecendo.

Emily quer saber: Como a possessão irá mudar o Dean?
Ackles: Me foi dito pelo (produtor executivo) Andrew Dabb que o que Dean tem experienciado como Miguel irá voltar para assombrá-lo. Mas eu não sei bem como ainda.

Outra questão de um fã, dessa vez de Shaun: Existe alguma possibilidade do Sam e do Dean terem um relacionamento ou filhos? 
Ackles: Não. Nós já vimos esse tipo de tentativa de domesticalidade antes. No momento em que ele convidam alguém para o mundo deles, (essa pessoa se torna) instantaneamente um alvo.

Padalecki: Mas os roteiristas poderiam adicionar um pouco mais de flertes e “casos de uma noite” na biblioteca dos Homens das Letras.
FONTE | Tradução: Karoline Leandro para o Supernatural Tentation.
Gostou? Então compartilhe:

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário

Postar um comentário

Design por: Jéssica Winchester | Ajudaram: