14.07 Unhuman Nature
Data: 29/11

Fotos | Promo | Sinopse

18/09/2018

Review: Livro "Supernatural: Feito de Carne".

A Gryphus Editora mandou pra nós o último lançamento “SUPERNATURAL: Feito de Carne” e aqui a nossa impressão da leitura. Se liga:

Para você que ainda não sabia, pasme: Supernatural não é apenas a série de TV mais longa da categoria sci-fy, mas também possui livros publicados no Brasil! Os livros são publicados pela Gryphus Editora, com um preço acessível e disponíveis em lojas físicas e online. Não há desculpa para ficar longe dos Winchesters, não é mesmo?

Supernatural: Feito de Carne é um livro maravilhoso. Sim, você pode pensar que minha opinião é influenciável porque eu sou fã da série há mais de 10 anos, mas prometo que até o final deste texto eu terei te convencido sobre esta obra prima impressa em celulose.

Primeiramente, a série de TV não depende do livro, mas o livro depende da série de TV. Confuso? Espera aí que eu vou te contextualizar. Ler o livro é como ter um episódio novinho de Supernatural exibido na sua mente, apenas pelo poder de sua imaginação. Continue lendo!
CUIDADO COM SPOILERS! 
O livro se passa na 7ª temporada, logo após a morte de Bobby Singer. Os irmãos estão em conflito sobre trabalhar em um novo caso enquanto eles poderiam pensar em uma estratégia para vencer os Leviatãs. O livro é repleto de referências da série e nos faz sentir os mesmos sentimentos que nossos meninos. Aqui vão algumas referências que irão te deixar com vontade de rever a série: é citada a época em que Sam tinha problemas com sangue de demônio (que raiva da Ruby, não é mesmo?), a época em que Dean vai para o inferno e aceita torturar almas; Sam perambulando sem alma na Terra pós jaula com Miguel e Lúcifer; Castiel dando origem aos Leviatãs; e muito mais.

O começo da história se dá com a morte de um casal. Os mínimos detalhes estão presentes até nas personagens secundárias da narrativa, o escritor se preocupa em nos contar a trajetória de vida dessas pessoas, antes de matá-las por meio de um cachorro Frankenstein. Sim você leu certo, um cachorro Frankenstein: um monstro criado a partir de partes e membros de diversos cachorros, unidos por meio de um protótipo de pele humana desenvolvido por uma empresa chamada NuFlesh.
“Até mesmo para o padrão de monstros, aquele filho da puta era feio. O corpo dele era retorcido, suas feições deformadas, e nenhuma das pernas tinha o mesmo tamanho. Tinha partes despeladas, como se tivesse sofrendo de sarna, mas agora que Dean dera uma boa olhada na coisa, viu que a pelagem não era preta – pelo menos, não completamente. Era de fato preta em alguns lugares, mas também era marrom e cinza, e a pelagem de cores diferentes tinha características também diferentes, mais comprida e grossa em uma parte, mais curta e fina em outra. As seções da criatura eram separadas por linhas finas de cicatrizes vermelhas, como se não fosse uma única besta, mas sim um conglomerado de diversos caninos.
Essa coisa não é um Cãopiro – Dean disse, - é um Franken-vira-lata!
Os irmãos chegam a cidade de Brennan, em Ohio, em um carro roubado, já que os Leviatãs estão investigando todos seus passos e rastreariam o Chevy Impala. A partir deste momento eles só passam por dificuldades: enfrentam um cachorro monstro, uma criatura formada por dois moradores de rua fundidos em um corpo só, uma salamandra que possui fogo mágico capaz de queimar qualquer estrutura feita, um leal servo nórdico de 300 anos de idade, ressuscitação de mortos (o que morreu deve permanecer morto, essa gente não aprende?), e por fim a própria deusa nórdica da morte: Hela (sim, ela também está presente em Thor Ragnarok!).

"John não iria levar Sam e Dean com ele a uma caçada potencialmente perigosa, então ele fez arranjos para que ficassem com um amigo no estado de Washington. Walter Hansen não era um caçador, mas um mestre falsário que fornecia documentos e identidades falsos para o uso de caçadores. (...) Dean não se importava com nada disso, entretanto. Com a idade que tinha, a coisa mais importante a respeito de Walter Hansen era que ele tinha uma filha adolescente chamada Trish."
Entre os acontecimentos que ocorrem na vida presente dos irmãos, temos a apresentação de personagens importantes como o servo Conrad Dippel, uma médica que acaba de perder sua família e um ceifeiro fora do comum. Ocorrem também flashbacks sobre a infância dos Winchesters: a primeira vez que Sam e Dean saem à caça de um fantasma real e um ente querido dos dois se machuca. Essa lembrança é contada aos poucos durante a leitura da obra, nos deixando cada vez mais curiosos para saber o que houve entre os irmãos e a misteriosa garota Trish Hansen.
"Colocou a mão no bolso do paletó e encostou no frasco de Bobby. Sinto sua falta, pensou. Por um momento o frasco pareceu se aquecer entre seus dedos, então a sensação passou e ele desconsiderou colocando-a na imaginação." – Dean Winchester.
Por fim, o livro possui de tudo: a preocupação constante de Dean com Sam; o carinho e a saudade dos irmãos por Bobby Singer, seu segundo pai; a típica ação e adrenalina durante o combate de monstros inusitados; tudo isso sem perder o tom cômico de trocadilhos de Dean Winchester.
"- Cara, eu achei que a gente tinha uma regra de não sair pelado na frente um do outro.
Eu não estou pelado.
Está perto o bastante disso. Vá se vestir, Garoto da Toalha. Estou com o endereço do Lyle. Encontrei em um catálogo de telefones online. – Dean fechou o laptop.
Que bom. Quando eu estava no chuveiro...
Dean levantou as mãos.
Por favor! Tem umas coisas que eu não preciso saber. O que acontece no chuveiro, fica no chuveiro."
É uma ótima pedida enquanto aguardamos o início da 14ª temporada da série. E aproveitando que dia 13 de setembro comemoramos o aniversário da série, feliz dia de Supernatural para nós!

Você pode encontrar Supernatural: Feito de Carne na SaraivaSubmarinoExtra, e nas maiores livrarias físicas do país. Veja aqui todos os livros de Supernatural publicados no Brasil.

Por Carolina Beatriz, equipe Supernatural Tentation.
Gostou? Então compartilhe:

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário

Postar um comentário

Design por: Jéssica Winchester | Ajudaram: